Segunda Feira, 30 Novembro 2020

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Política Agressiva

11 famílias desabrigadas no Vale do Jordão após demolições israelenses

Exército israelense realiza demolições, deslocando famílias em al-Khalil

O exército de ocupação israelense entregou na terça-feira ordens de demolição contra quatro tendas e uma ordem de suspensão do trabalho contra uma casa na área de al-Buwaib na cidade de Yatta, ao sul de al-Khalil.

 

De acordo com fontes locais, o exército israelense notificou a família de al-Da'ajneh de sua intenção de remover quatro tendas que usam como casas improvisadas e entregou a outro cidadão um aviso ordenando-lhe que pare de construir sua casa.

 

Dois irmãos da mesma área também receberam ultimatos de demolição contra depósitos.

 

Em outra ocasião, as forças de ocupação israelenses (IOF) no mesmo dia deslocaram 11 famílias de beduínos após demolir dezenas de casas e estruturas rústicas no vilarejo de Khirbet Humsa, no norte do Vale do Jordão.

 

Durante décadas, Israel seguiu uma política de despejo forçado e demolição de casas de palestinos que viviam sob ocupação nos territórios palestinos e de casas de árabes em Israel.

 

Todos os anos, a escala da destruição realizada pela autoridade de ocupação israelense na Cisjordânia e em Jerusalém aumenta e atinge um nível sem precedentes.

 

As vítimas geralmente estão entre os mais pobres e desfavorecidos nas áreas palestinas ocupadas. A maioria das casas demolidas pelo exército israelense na Cisjordânia e Jerusalém eram casas de famílias de refugiados, que foram expulsas pelas forças israelenses ou que fugiram na guerra que se seguiu à criação de Israel em 1948.

 

Fonte: The Palestinian Information Center

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2020 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.