Segunda Feira, 20 Maio 2019

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Política Agressiva

20 palestinos feridos a tiro por Israel na 47.ª semana da Grande Marcha do Retorno em Gaza

As forças israelitas feriram pelo menos 20 palestinos que esta sexta-feira participavam na 47.ª semana consecutiva da Grande Marcha do Retorno, junto da vedação com que Israel isola a Faixa de Gaza.

O Ministério da Saúde de Gaza confirmou que os soldados atingiram 20 palestinos com balas reais e acrescentou que um dos feridos é um adolescente de 15 anos que ficou em estado grave após ser atingido com uma bala no peito.

Ficaram igualmente feridos uma mulher de 29 anos, com um estilhaço na cabeça, e um fotojornalista, identificado como Mohammad Za'noun.

Segundo fontes informativas de Gaza, mais de onze mil palestinos participaram esta sexta-feira nas manifestações desarmadas da Grande Marcha do Retorno, que teve início em 30 de Março de 2018 ao longo da vedação que Israel instalou para isolar a Faixa de Gaza.

O seu objectivo principal é exigir o fim do cerco ao pequeno território costeiro palestino, que dura desde 2007, e o direito de retorno dos refugiados palestinos e seus descendentes às terras de onde foram expulsos na campanha de limpeza étnica levada a cabo pelos sionistas na altura da criação de Israel, em 1948.

Segundo dados de um relatório das Nações Unidas divulgado no mês passado, 295 palestinos foram mortos e cerca de 6000 feridos por balas reais desde o início das manifestações. Porém, fontes palestinas dizem que o número de feridos se eleva já a cerca de  cerca de 27 000.

Na semana passada, dois adolescentes palestinos, Hassan Iyad Shalaby, de 14 anos, e Hamza Mohammad Ishtiwi, de 18 anos, foram mortos por balas reais disparadas pelos soldados israelitas, registando-se 17 feridos. No início dessa semana, Ahmed Abu Jabal, de 30 anos, sucumbiu aos ferimentos sofridos na sexta-feira anterior. 

 

Fonte: Movimento Pelos Direitos do Povo Palestino e pela Paz no Médio Oriente MPPM

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2019 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.