Sábado, 08 Agosto 2020

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Política Agressiva

A morte do idoso prisioneiro Saadi Al-Gharabli nas prisões israelenses

Hoje, segunda-feira, o prisioneiro palestino Saadi Al-Gharabli (75 anos) foi morto nas prisões israelenses.

As instituições de direitos dos presos confirmaram em declarações à imprensa as notícias da morte de al-Gharabli, observando que ele havia morrido como resultado de negligência médica após 26 anos nas prisões da ocupação sionista israelense.

O prisioneiro doente Saadi Gharabli é considerado um dos mais antigos prisioneiros palestinos nas prisões de ocupação e passou 26 anos de prisão perpétua nas prisões de ocupação.

A família Al-Gharabli, banida de sua visita, que mora no bairro de Al-Shujaiya na cidade de Gaza, emitiu recentemente um pedido de socorro a todas as instituições oficiais e de direitos humanos para salvar sua vida depois que sua condição atingiu um estágio crítico.

A jornada de Al-Gharabally nas prisões da ocupação começou após sua prisão em 1994 e seu regime de vida. Foi submetido a confinamento solitário a partir de (1994-2006), após o qual começou a sofrer de doenças crônicas.

E impediu que seus dez filhos e sua esposa o visitassem desde 1999, e a última tentativa de visitá-lo em 2003 e terminou em fracasso após a ocupação ter impedido que seu irmão atravessasse a travessia de Beit Hanoun.

Al-Gharabli sofria de diabetes, pressão, problemas de audição e visão, mas o câncer de próstata se infiltrou em seu corpo nos últimos anos e destruiu completamente sua saúde.

A Autoridade Prisional de Israel se recusou a transferir o prisioneiro para receber tratamento na clínica da prisão de Ramla e o deixou intencionalmente sem tratamento contra o câncer, o que levou agravou sua saúde nas últimas semanas.

O movimento de prisioneiros nas prisões de ocupação enviou recentemente um apelo urgente a instituições humanitárias e internacionais para salvar a vida do prisioneiro de 75 anos, que sofria de sérias condições de saúde.

 

Fonte: The Palestinian Information Center

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2020 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.