Terça Feira, 02 Março 2021

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Política Agressiva

As condições de saúde do prisioneiro Ehab Al-Jahjouh estão piorando

A Comissão de Assuntos de Detidos e Ex-detidos afirmou hoje que o estado de saúde do prisioneiro Ehab Al-Jahjouh de 33 anos, de Hebron, vem se deteriorando em decorrência das duras condições de detenção dentro das prisões israelenses.

Recentemente, Al-Jahjouh começou a sofrer de câncer no flanco, e desde que foi preso em 2014, ele vem sofrendo de fortes dores no pescoço como resultado dos fortes espancamentos que enfrentou por dois meses.

A família Al-Jahjouh apelou a todos os envolvidos para intervir e forçar a administração das prisões israelenses a fornecer-lhe medicamentos e a acompanhar seu estado de saúde.

O prisioneiro Ehab, que é casado e tem dois filhos, foi condenado a 10 anos de prisão, segundo a comissão.

Durante o ano passado, o número de presos doentes chegou a 700, incluindo 300 presos com doenças crônicas.

Esses presos enfrentam condições de detenção miseráveis. Mais notavelmente, a política de negligência médica (morte lenta) contribuiu para registrar mais condições médicas e mortes.

Apesar da propagação do coronavírus, as autoridades de ocupação israelenses continuam prendendo os palestinos todos os dias, nos quais o número de cidadãos palestinos que foram presos desde o surto até janeiro passado é de mais de 4.000, incluindo idosos, crianças e mulheres.

 

Fonte: Safa

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2021 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.