Segunda Feira, 03 Agosto 2020

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Terrorismo Israelense

B'Tselem: soldados israelenses atiram em crianças palestinas 'sem sentido', ferindo duas delas

As forças israelenses dispararam "sem motivo" contra crianças palestinas no campo de refugiados de Al-Jalazun, duas delas ficaram feridas, segundo uma investigação do grupo de direitos humanos.

Os eventos ocorreram na tarde de 17 de novembro, quando as forças de ocupação israelenses entraram em Al-Jalazun para assediar crianças palestinas que supostamente jogaram pedras na entrada do campo.

Depois que os reforços chegaram em um jipe militar israelense, soldados uniformizados e "pelo menos uma pessoa armada em roupas civis" começaram a "disparar balas reais, bem como balas de metal revestidas de borracha e gás lacrimogêneo" nas crianças.

Rami Abu Nasrah, 13, e Amir Zbeideh, 11, foram atingidos com munição real; Rami sofreu "uma fratura exposta no braço e foi submetido a uma cirurgia para estabilizar o osso", enquanto Amir "foi submetido a uma cirurgia para substituir o dedo indicador direito e remover estilhaços do peito".

Como B'Tselem apontou, naquela época, o porta-voz militar israelense afirmou que os soldados "usavam métodos de dispersão de multidões, incluindo disparar balas de borracha e atirar no ar".

O porta-voz acrescentou que, de acordo com um relatório recebido por oficiais do exército, "foi alegado que dois jovens foram feridos por balas de borracha".

Apesar da negação das autoridades de que fogo real foi usado ", mais uma vez", B'Tselem afirmou que os resultados de sua investigação "contradizem essas alegações".

"Usar armamento real em tais circunstâncias, contra crianças pequenas que claramente não representam uma ameaça à vida ou à integridade corporal dos soldados, à distância, é ilegal e imoral", acrescentou a ONG.

"É outro exemplo da política militar, apoiada e reforçada pelo sistema militar de aplicação da lei, que garante, mais uma vez, que ninguém seja processado por ato ilegal".

Foto: Crianças palestinas brincam fora de casa no campo de refugiados de Rafah, no sul da Faixa de Gaza, 9 de novembro de 2013 [Eyad Al Baba / Apaimages]

 

Fonte: Middle East Monitor

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2020 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.