Domingo, 27 Setembro 2020

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Política Agressiva

Colonos extremistas liderados por Yahuda Glick invadiram a mesquita de Al-Aqsa

O rabino extremista Yehuda Glick, acompanhado por dezenas de colonos judeus sionistas, invadiu a Mesquita de Al-Aqsa hoje segunda-feira pelo Portão de Magharaba, sob forte proteção policial.

O Departamento de Doações Islâmicas na Jerusalém ocupada afirmou em um comunicado que a polícia da ocupação  israelense fechou o Portão de Magharaba depois que 89 colonos incluindo Glick e 35 estudantes judeus sionistas, invadiram a Mesquita de Al-Aqsa.

Explicou que os colonos realizaram viagens provocativas nos pátios da mesquita de Al-Aqsa e receberam explicações sobre o suposto templo, e alguns deles tentaram realizar rituais talmúdicos em seus pátios.

Enquanto isso, as restrições foram reforçadas na entrada de fiéis palestinos na mesquita de Al-Aqsa.

A polícia israelense invadiu a mesquita de Al-Aqsa na manhã de domingo e instalou alto-falantes em diferentes partes do local sagrado islâmico.


Fonte: The Palestinian Information Center

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2020 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.