Sexta Feira, 07 Agosto 2020

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Terrorismo Israelense

Coronavírus: ONU pede libertação de crianças palestinas detidas por Israel

Crianças encarceradas enfrentam maior risco de contrair Covid-19 ', diz Unicef

A agência da ONU para crianças, pediu a Israel que solte crianças palestinas presas em meio à disseminação do coronavírus, alertando que as crianças detidas "correm maior risco de contrair o Covid-19".

Em comunicado conjunto divulgado na segunda-feira, três funcionários da ONU baseados na região, incluindo o representante especial da Unicef para a Palestina, Genevieve Boutin, disseram que 194 menores palestinos estavam detidos em Israel até o final de março, um aumento em relação à média mensal do ano passado.

"Os direitos das crianças à proteção, segurança e bem-estar devem ser mantidos em todos os momentos", afirmou o comunicado.

Além do risco de infecção, as crianças palestinas sofrem uma proibição de visitas e têm acesso negado pessoalmente a seus advogados por causa das diretrizes de distanciamento social de Israel, disseram as autoridades, enquanto os processos judiciais estão suspensos.

"Isso cria dificuldades adicionais,  o sofrimento psicológico, e  ainda impedem  que as crianças recebam os conselhos legais que tem direito", disseram as autoridades da ONU.

"Para crianças que aguardam julgamento, essas pressões podem colocá-las sob maior pressão para incriminar-se, declarando-se culpado de ser libertado mais rapidamente".

Eles acrescentaram que governos de todo o mundo devem priorizar o bem-estar das crianças durante a pandemia.

"A melhor maneira de defender os direitos das crianças detidas em meio a uma pandemia perigosa, em qualquer país, é libertá-las da detenção e impor uma moratória às novas internações em centros de detenção.

"Pedimos às autoridades israelenses e palestinas que o façam imediatamente", disseram as autoridades.

A congressista americana Betty McCollum, que no ano passado apresentou um projeto de lei que proibiria a ajuda dos EUA a Israel de contribuir para a detenção de crianças palestinas, saudou a declaração da ONU na segunda-feira.

"Apoio a Unicef, ​​pedindo a Israel que libere todas as crianças palestinas em suas prisões militares", escreveu ela no Twitter. "A pandemia de Covid-19 e o abuso infligido a essas crianças justificam sua libertação imediata".

 

Fonte: Middle East Eye

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2020 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.