Sábado, 07 Dezembro 2019

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Documentos internacionais e decisões legais

Dia Internacional de Solidariedade com o Povo Palestino 29 de novembro

Neste Dia Internacional da Solidariedade, reafirmamos nosso compromisso de defender os direitos do povo palestino.

Direitos não cumpridos, promessas quebradas

Desde 1977, em 29 de novembro de cada ano, ou por volta dessa data, as Nações Unidas comemoram o Dia Internacional da Solidariedade com o povo palestino.

 

A data foi escolhida devido à sua importância para o povo palestino. Naquele dia, em 1947, a Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou a resolução 181, mais tarde conhecida como "resolução de partição", que estipulava a criação de um "Estado judeu" e um "Estado árabe" na Palestina com Jerusalém como corpus separatum sob um regime internacional especial. Dos dois Estados previstos nessa resolução, até o momento apenas um foi criado: Israel.

 

Este dia oferece a oportunidade para a comunidade internacional concentrar sua atenção no fato de que a questão da Palestina ainda não foi resolvida.

 

Em 1975, foi instituído o Comitê para o Exercício dos Direitos Inalienáveis do Povo Palestino, com o mandato de assessorar a Assembleia em programas para o exercício dos direitos inalienáveis do Povo Palestino, incluindo o de autodeterminação sem interferência externa, de independência e soberania nacional e de retornar a suas casas e propriedades, das quais foram despejadas.

 

O mandato do Comitê também é "oferecer cooperação e apoio a organizações palestinas e outras organizações da sociedade civil". De acordo com este mandato, ao longo dos anos, foi criada uma rede de mais de 1000 organizações da sociedade civil de todas as regiões do mundo que desenvolvem atividades sobre a questão da Palestina.

 

Reunião extraordinária

Este ano, a Reunião Extraordinária para comemorar o Dia Internacional da Solidariedade com o Povo Palestino acontece em 27 de novembro de 2019, na sede da ONU em Nova York. Possui a presença, entre outros, dos presidentes da Assembleia Geral e do Conselho de Segurança, bem como do Chefe de Gabinete do Secretário Geral das Nações Unidas. Representantes de organizações intergovernamentais e da sociedade civil devem fazer declarações sobre a questão da Palestina.

 

Palestina, a mais universal das causas nacionais

Em 27 de novembro, a exposição "Palestina, a mais universal das causas nacionais" (EN), composta por imagens e citações de figuras públicas conhecidas que expressaram sua solidariedade com as Nações Unidas, abre no salão dos visitantes da sede da ONU. A exposição pode ser visitada até 6 de janeiro de 2020.

 

Fonte: Nações Unidas.com

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2019 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.