Quarta Feira, 08 Julho 2020

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Documentos internacionais e decisões legais

Grupos de direitos humanos pedem que ONU e comunidade internacional se oponham ao plano israelense de anexação

Numa intervenção oral ontem no Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas em Genebra, Adalah - O Centro Legal para os Direitos das Minorias Árabes em Israel e quatro organizações palestinas parceiras de direitos humanos pediram às Nações Unidas e à comunidade internacional que se oponham veementemente à iminente anexação de grandes faixas da Cisjordânia palestina ocupada e pressionar pelo desmantelamento de todos os assentamentos israelenses.

Adalah e grupos parceiros alertaram que a anexação normalizará o projeto colonial de Israel e chegará ao apartheid por meio da contínua expansão e construção de assentamentos ilegais, deslocamento e expropriação de palestinos e manipulação demográfica.

"O plano israelense traria ainda mais a segregação racial, étnica e religiosa como norma legal, e Israel se estabeleceria formalmente como o único regime soberano sobre o povo palestino na histórica Palestina", disseram eles.

Mais tarde, no mesmo dia, 47 relatores especiais da ONU emitiram uma denúncia contundente do plano de anexação de Israel na Cisjordânia, chamando-o de "uma visão do apartheid do século XXI".

A intervenção oral, apresentada no contexto do Item 9 - Racismo, discriminação racial, xenofobia e formas relacionadas de intolerância, acompanhamento e implementação da Declaração e Programa de Ação de Durban, foi realizada por Nada Awad, do Cairo Institute for Human Rights Estudos para a 43ª sessão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas em nome de Adalah, Al-Haq - Lei de Serviço ao Homem, Instituto de Estudos de Direitos Humanos do Cairo, Centro para Mulheres de Assistência Jurídica e Aconselhamento (WCLAC) e Centro Al Mezan para Direitos humanos.

 

Fonte: Agência Wafa

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2020 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.