Terça Feira, 22 Junho 2021

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Terrorismo Israelense

Hamad: o que aconteceu em Jenin confirma que a chama da resistência não morre

A candidata da lista eleitoral de '' Al-Quds Our Destination '', Samar Hamad, disse que o crime que a ocupação israelense cometeu em Jenin na noite passada e os confrontos armados subsequentes confirmam que as raízes da resistência não morrem, mas se movem entre os jovens palestinos.

3 palestinos foram assassinados na noite passada em face do confronto com as forças israelenses que tentaram invadir Jenin.

"Este crime covarde é um episódio da série de crimes de Israel que já dura décadas", disse Hamad.

"A ocupação provou ao mundo que não protege nenhuma convenção internacional, pois ataca, rouba e mata nosso povo palestino a sangue frio", acrescentou.

Ela prestou homenagem aos mártires que foram assassinados pelas forças de ocupação israelenses, orou por eles e cumprimentou suas famílias.

Ela confirmou que os palestinos são o povo da resistência.

Três palestinos foram assassinados e outro ficou ferido durante confrontos com uma unidade especial israelense em Jenin na madrugada de hoje.

Fontes médicas observaram que os mártires eram o ex-prisioneiro Jamil Al-Amouri, Adham Tawfiq de 23 anos, e Taysir Issa de 33 anos.

 

Fonte: Safa

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2021 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.