Segunda Feira, 03 Agosto 2020

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Documentos internacionais e decisões legais

Hamas pede a países árabes e islâmicos que rejeitem clara e explicitamente o “Acordo do Século”

O Movimento de Resistência Islâmica "Hamas" condenou a participação de alguns países árabes em Washington na cerimônia que apresentou a conspiração (o “Acordo do Século”), e exortou os países árabes e islâmicos e os liberais de todo o mundo, a rejeitar clara e explicitamente esse acordo que visa tirar o direito palestino a nossas terras e nossos lugares sagrados.

O Movimento também divulgou nesta quarta-feira (30) um comunicado à imprensa, pedindo a rejeição imediata e rápida de todos os projetos políticos anteriormente patrocinados pelos Estados Unidos da América, dos quais o principal é o acordo de Oslo, e a cessação de todas as formas de cooperação e coordenação com o inimigo sionista traiçoeiro.

O Movimento declarou que, embora saudemos a posição do presidente Abbas de rejeitar o “Acordo do Século”, pedimos que traduza essa recusa em um programa nacional conjunto de ação para enfrentar o acordo da vergonha, exigindo a necessidade de realizar uma reunião da liderança nacional, programada a partir da qual emergirá uma visão clara e passos práticos para um confronto sólido e forte contra o acordo da vergonha.

O HAMAS declarou que os Estados Unidos demonstraram abertamente a sua afinidade nesta situação, o que a combina com a ocupação sionista. E que nunca foi um país mediador, mas apenas influenciado pela ocupação sionista.

O Movimento indicou que o anúncio do acordo da vergonha não passa de uma nova estação da conspiração norte-americana para minar e liquidar a questão palestina, para a implementação prática das tentativas da ocupação e para excluir a presença dos palestinos e deportá-los de suas terras.

HAMAS reafirmou a rejeição completa do acordo de vergonha e anunciou um esforço para enfrentá-lo, utilizando todas as capacidades para dar os passos práticos no sentido de repelir,  lado a lado, com todas as forças da nação.

O Movimento exortou nosso povo palestino, em todos os seus lugares, a enfrentar essa ameaça iminente à causa palestina e a todos os níveis populares, políticos e partidários, utilizando de todas as formas e ferramentas de resistência.

 

Fonte: Site oficial do Movimento Islâmico Hamas.

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2020 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.