Sexta Feira, 22 Janeiro 2021

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Povo Palestino

Hatem Ali, que reafirmou a Nakba palestina, morre aos 58 anos

Hatem Ali, um ator e diretor premiado sírio que reafirmou a Nakba palestina, morreu na terça-feira de ataque cardíaco no hotel do Cairo, disse sua família. Cineasta talentoso por trás de algumas das séries de TV mais amadas e respeitadas do mundo árabe.

Nascido em 1962 nas Colinas de Golã da Síria, ocupadas por Israel em 1967, Ali se formou no Instituto Superior de Artes Dramáticas de Damasco em 1986, antes de começar a atuar na série de TV O Círculo de Fogo em 1988.

Era famoso por sua pletora de talentos: Ali atuou, dirigiu e escreveu peças de teatro e dramas para a TV. É considerado um dos diretores mais influentes de dramas árabes históricos e contemporâneos da TV, com séries que recontam lendas da poesia e a Nakba palestina (catástrofe) de 1948.

Ali começou sua carreira de ator em 1988 antes de passar a dirigir na década de 1990. Em 2000, dirigiu sua obra-prima de drama para a TV Al-Zeer Salem, que encenou um conto árabe de amor, vingança, traição e saudade entre primos.

Ele também dirigiu uma série de televisão sobre o conquistador muçulmano Salaheddin, e um quarteto sobre a história da Andaluzia muçulmana, sua ascensão e queda.

Além disso, também dirigiu a série “As Quatro Estações em Damasco”, iluminando histórias íntimas de damascenos da vida real, seus sonhos, desejos, tristezas e amizades.

Também dirigiu al-Taghreba al-Falastenya (O Êxodo Palestino) em 2004, um drama de 31 episódios que foi filmado inteiramente na Síria e produzido pela Syrian Art Production International.

Al-Taghreba al-Falastenya conta a história de famílias palestinas antes, durante e depois da Nakba de 1948 e no exílio seguinte, quando cerca de 700.000 palestinos foram forçados a fugir de suas casas por milícias sionistas e dezenas de milhares foram mortos durante a criação do Israel.

A série é considerada um dos dramas em língua árabe mais famosos e aclamados pela crítica sobre a causa palestina já feito.

Em outubro, o canal de TV MBC, financiado pela Arábia Saudita, removeu temporariamente o Al-Taghreba al-Falastenya de seu serviço de streaming, em um movimento que foi descrito como "apego à normalização" com Israel.

Ali ganhou vários prêmios no Cairo TV Festival de melhor diretor.

Sua família disse que será enterrado em Damasco.

 

Fonte: Middle East Eye

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2021 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.