Segunda Feira, 18 Março 2019

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Política Agressiva

Israel demoliu mais de quinhentas casas na Cisjordânia em 2018

Mil e trezentos palestinos ficaram desabrigados, sendo que destes, 225 eram crianças


Por Lúcia Rodrigues
Ibraspal

 

As forças de repressão israelenses demoliram 538 moradias e instalações palestinas na Cisjordânia ocupada em 2018.

 

A medida deixou 1.300 palestinos desabrigados, sendo que destes, 225 eram crianças.

 

Relatório divulgado na última sexta-feira, 28, pelo Centro Abdullah Al-Hurani, ligado à Organização para a Libertação da Palestina (OLP), ressalta que as demolições foram realizadas em clara violação à Quarta Convenção de Genebra e a outras leis internacionais.

 

"Israel continua sua política de limpeza étnica contra os palestinos na Cisjordânia ocupada e em Jerusalém", diz trecho do documento.

 

O texto também revela que houve demolição ou fechamento de 12 escolas e creches palestinas na Cisjordânia.

 

Outra revelação do Centro Abdullah Al-Hurani enfatiza que Israel emitiu as ordens militares para derrubar todas as construções ​​menos de 30 dias antes da demolição ser efetivada.

 

A medida é considerada pela entidade como uma forma de evitar a possibilidade de apelação contra as ordens de demolição.

 

Com informações do Middle East Monitor

  • Gravatar - Post by
    postado por: Lúcia Rodrigues
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2019 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.