Segunda Feira, 03 Agosto 2020

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Política Agressiva

Israel fecha mais instituições palestinas em Jerusalém

Seguindo uma ordem do Ministério de Segurança Interna, os serviços de inteligência israelenses fecharam o Escritório da Direção Palestina de Cultura e Educação no setor ocupado de Jerusalém, informaram vários meios de comunicação locais.

Da mesma forma, eles também fecharam os escritórios locais do escritório mencionado em um bairro da cidade ocupado por Israel na guerra de 1967.

Nos dois casos, o fechamento das instituições durará seis meses, embora quase sempre sejam prolongados periodicamente.

As forças israelenses também fecharam a mesquita Al Rasasi, também localizada no setor ocupado de Jerusalém, enquanto confiscaram suas chaves.

Em algumas dessas operações, os serviços de inteligência israelenses vasculharam os prédios e confiscaram diferentes materiais.

A agência de notícias Maan observa que outro prédio no qual os serviços policiais e de inteligência de Israel invadiram é a Escola Aitam, localizada na cidade antiga de Jerusalém. As forças israelenses despejaram funcionários e estudantes da escola antes de prosseguir com a busca de prédios.

Ao mesmo tempo, foi pesquisado o Centro Médico Árabe, localizado na Rua Sultan Suleyman, em Jerusalém, de onde os israelenses levaram diferentes tipos de materiais, incluindo arquivos e câmeras de vídeo de segurança. Eles também prenderam o diretor deste centro, Ahmad Sarur.

As forças israelenses fizeram outras prisões, incluindo a do diretor de Cultura e Educação em Jerusalém, o professor Samir Yibril, e a de Ayman Abu Muz, diretor de outro escritório em 20 de novembro.

 

Fonte: Sputnik Mundo

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2020 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.