Terça Feira, 25 Setembro 2018

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Política Agressiva

Israel intensifica demolição de moradias palestinas na Cisjordânia ocupada

O caso mais recente ocorreu na manhã desta segunda-feira, 3, em Hebron

Por Lúcia Rodrigues
Ibraspal


As forças de repressão israelenses estão intensificando a demolição de moradias de famílias palestinas na Cisjordânia ocupada, no último período. A constatação é do ativista de direitos humanos Tariq Hathaleen.

 

"Todos os dias ouvimos falar de um novo incidente de violência de colonos", conta Hathaleen, para explicar que as ações do governo israelense dão proteção a esses colonos sionistas na perseguição aos palestinos.

 

O caso mais recente ocorreu na manhã desta segunda-feira, 3, na aldeia de Khirbet Qawasis, em Hebron.

 

A casa de Yousef Abu Aram foi demolida por soldados israelenses sob o olhar e apoio de colonos judeus que vivem no assentamento ilegal de Mitzpe Yaier, localizado perto dali.

 

Segundo testemunhas, os colonos assediaram reiteradas vezes Yousef durante a construção do imóvel.

 

"Estamos tristes e indignados com o que aconteceu hoje", destaca o palestino. "As autoridades israelenses querem nos tirar de nossa terra e tomá-la, mas não sairemos daqui", enfatiza.

 

Ele terminou a construção de sua casa há apenas 15 dias, onde pretendia dar um teto para os sete filhos e a mulher. Diz que queria protegê-los do frio inverno.

 

“Agora ficou muito complicado”, lamenta. Yousef explica que só pretendia arar sua terra e cuidar da plantação localizada a poucos metros do assentamento Mitzpe Yaier, o mesmo dos colonos que comemoraram a derrubada de sua casa.  

 

“Eles deixaram uma família de sete filhos e seus pais sem abrigo, e agora nos sentamos debaixo das árvores e vamos dormir no chão e nos cobrir com o céu.”

 

O governo israelense nega licença para palestinos construírem suas casas na Cisjordânia ocupada.

 

Durante a construção da residência de Yousef, as autoridades israelenses também confiscaram o material que ele estava usando. A prática é comum contra palestinos.

 

O destino de sua edificação estava marcado para ser decidido ontem, mas o governo mandou demolir a residência antes mesmo da audiência que julgaria o caso.

 

De acordo com a entidade de direitos humanos B'Tselem, Israel demoliu pelo menos 1.342 residenciais palestinas na Cisjordânia, entre 2006 e 30 de junho de 2018, deslocando 6.024 pessoas, destas pelo menos três mil são crianças.

 

Além das moradias, Israel também tem demolido escolas, unidades de saúde e infraestruturas essenciais aos palestinos nos territórios invadidos durante a Guerra dos Seis Dias em 1967. Essas demolições são claramente uma violação às convenções de Genebra e Haia.

 

Veja o vídeo com imagens da destruição da casa de Yousef

 

 

Com informações do Middle East Monitor

  • Gravatar - Post by
    postado por: Lúcia Rodrigues
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2018 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.