Segunda Feira, 22 Outubro 2018

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Política Agressiva

Israel já matou 155 palestinos na Marcha do Retorno; dois meninos de 12 anos foram mortos na última sexta

Do total de vítimas assassinadas por militares sionistas, três eram mulheres e 23, menores de 18 anos

Por Lúcia Rodrigues
Ibraspal

 

As forças de repressão israelenses já mataram 155 palestinos durante as manifestações pacíficas da Marcha do Retorno desde o dia 30 de março, quando os protestos que reivindicam o direito de voltar aos territórios ocupados por Israel desde 1948 começaram.

 

Do total de vítimas assassinadas por militares sionistas, três eram mulheres e 23, menores de 18 anos. Dois meninos de 12 anos, Madji Al Satari e Momen Al Homs foram baleados na última sexta-feira na fronteira da Faixa de Gaza.

 

O número de feridos nos protestos também é alarmante. Mais de 17 mil palestinos. Destes, 279 são menores de idade e 553 são mulheres.

 

O balanço atualizado divulgado pelo Ministério da Saúde da Palestina detalha que 4.348 pessoas foram feridas a bala e 430 por balas de borracha. Destas, 404 foram feridas gravemente durante os protestos.

 

O informe ressalta ainda que as equipes médicas que fazem o atendimento aos feridos também tiveram baixas, com dois mortos e 360 feridos, vários deles a bala. Sessenta e nove ambulâncias que trabalham nos resgates foram danificadas.

 

A imprensa também foi vítima dos ataques israelenses. Dois fotógrafos foram mortos quando cobriam os protestos da Marcha do Retorno na fronteira da Faixa de Gaza.

 

Com informações de Quds News, Palestina Libre

  • Gravatar - Post by
    postado por: Lúcia Rodrigues
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2018 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.