Sexta Feira, 07 Agosto 2020

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Terrorismo Israelense

Israel prendeu 292 palestinos em março, apesar da crise do Coronavírus

O Centro de Estudos Israelenses e Palestinos Al-Quds disse que o exército de ocupação israelense prendeu em março de 2020 292 palestinos, incluindo 17 crianças e três mulheres, na Cisjordânia e Jerusalém, apesar da região ter sido atingida pela pandemia de Coronavírus.

O Centro disse que 124 prisões foram relatadas apenas em Jerusalém, que testemunharam intensificar as campanhas de prisão e busca domiciliar.

Na Cisjordânia, 157 casos de prisão foram distribuídos às províncias de al-Khalil, Ramallah, Nablus, Qalqilya, Jenin, Tulkarem, Belém, Salfit, Tubas e no norte do vale do Jordão.

Três palestinos foram presos nos Territórios Ocupados de 1948 e quatro na Faixa de Gaza, incluindo dois empresários sequestrados no cruzamento de Beit Hanoun (Erez).

A diretora do departamento de documentação de campo do al-Quds Center, Rola Hasanein, disse que, apesar da rápida disseminação da doença de Coronavírus local e globalmente, as forças de ocupação israelenses realizam campanhas diárias de incursão e prisão nos territórios palestinos, colocando em risco a vida dos nossos cidadãos.

Hasanein destacou que os palestinos detidos são mantidos em más condições e caso não são tomadas as mínimas medidas de segurança para protegê-los da contração do novo vírus ou de qualquer outra doença.

 

Fonte: The Palestinian Information Center

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2020 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.