Segunda Feira, 15 Agosto 2022

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Terrorismo Israelense

Israel priva prisioneiros palestinos de ver advogados

A Fundação Muhjat al-Quds para Mártires e Prisioneiros acusou o serviço penitenciário israelense (IPS) de proibir advogados de visitar os prisioneiros palestinos Mohamed Salem e Yehya Maqboul.

A Fundação Muhjat al-Quds para Mártires e Prisioneiros acusou o serviço penitenciário israelense (IPS) de proibir advogados de visitar os prisioneiros palestinos Mohamed Salem e Yehya Maqboul.

 

De acordo com Muhjat al-Quds, os prisioneiros Salem e Maqbou foram impedidos de se encontrar com seus advogados pelo 29º dia consecutivo sob o pretexto de que há uma decisão de segurança a esse respeito.

 

Salem e Maqboul foram presos em 31 de maio de 2022 e transferidos imediatamente para o centro de interrogatório de Petah Tikva.

 

A fundação disse ainda que o preso Tamim Salem, irmão do preso Mohamed Salem, também está proibido de ver qualquer advogado, acrescentando que foi transferido recentemente da prisão para um centro de interrogatório.

 

A fundação denunciou fortemente a IPS por privar esses prisioneiros de consultar com advogados, descrevendo a medida como “arbitrária, punitiva e uma violação flagrante do direito internacional”.

 

Apelou a grupos de direitos humanos e à Cruz Vermelha a intervir para pressionar os carcereiros israelenses a interromper suas medidas repressivas contra os prisioneiros palestinos e permitir que eles se encontrem com seus advogados.

 

Fonte: https://daysofpalestine.ps/israeli-occupation-deprives-palestinian-prisoners-of-seeing-lawyers/

  • Gravatar - Post by
    postado por: Days of Palestine
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2022 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.