Domingo, 26 Setembro 2021

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Povo Palestino

ISRAEL tortura um dos 6 prisioneiros palestinos que escaparam de prisão causando-lhe morte cerebral

Zakaria al-Zubaidi, um dos seis palestinos que quebraram o sistema de segurança israelense na segunda-feira, 6 de setembro para escapar de uma prisão de segurança máxima

Nada de surpreendente no caso do regime assassino de Israel, menos ainda se nos lembrarmos de como eles foram expostos, ridicularizados após a fuga de 6 prisioneiros de uma de suas prisões de segurança máxima.

Zakaria al-Zubaidi, um dos seis palestinos que quebraram o sistema de segurança israelense em segunda-feira, 6 de setembro para escapar de uma prisão de segurança máxima  ,   foi espancado e torturado pelas costas de segurança israelenses após ser recapturado e, como consequência, foi admitido em um hospital, onde sua morte cerebral foi relatada ontem, segunda-feira, 13 de setembro.

De acordo com as informações fornecidas por Yibril al-Zubaidi, irmão do prisioneiro, Zakaria foi declarado com morte cerebral em decorrência da tortura praticada pelos militares sionistas após sua nova prisão, conforme noticiado pela mídia palestina e redes sociais.

Anteriormente, Jibril advertiu que seu irmão havia sido submetido à "mais dura forma de tortura" com eletricidade na prisão e teve sua perna quebrada por agentes da ocupação israelense. Ele também afirmou que as autoridades penitenciárias não o deixariam dormir.

"As autoridades de ocupação israelense se recusam a dar informações sobre a saúde de Zakaria e dos outros três fugitivos da prisão de Gilboa e os impedem de se encontrar com seus advogados", disse Yahia al-Zubaidi, outro irmão de Zakaria, citado pela agência estatal Quds Rede de notícias.

Zakaria al-Zubaidi é um dos líderes proeminentes das Brigadas de Mártires de Al-Aqsa, um braço militar do Movimento de Libertação Nacional Palestino (Al-Fatah) da região de Jenin, que está encarcerado em prisões israelenses há anos sem julgamento., Sob. detenção administrativa.

Seu advogado de defesa, Avigdor Feldman, havia pedido anteriormente ao tribunal para transferir o prisioneiro palestino para um hospital para tratamento, alegando que agentes israelenses esconderam o rosto de Al-Zubaidi das câmeras durante a sessão do tribunal no sábado para esconder seus ferimentos.

  • Gravatar - Post by
    postado por: Sayid Marcos Tenório
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2021 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.