Domingo, 20 Outubro 2019

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Documentos internacionais e decisões legais

Jesus era palestino, diz uma ativista gerando controvérsia, abordando a nacionalidade de Cristo

Linda Sarsour assegura que este homem "com pele de cobre e cabelo desgrenhado" nasceu em um território que corresponde à atual Palestina

A americana Linda Sarsour, uma ativista contra a islamofobia, tem gerado controvérsia, alegando via Twitter que o Alcorão indica que Jesus era "um palestino de Nazaré com a pele acobreada e cabelo lanoso."

A mensagem que essa mulher de origem palestina compartilhou em 6 de julho tornou-se viral e recebeu inúmeras críticas negativas por suas imprecisões.

Por exemplo, a ONG StandWithUs recordou que "Jesus nasceu judeu" e "Judéia", porque "o nome 'Palestina' nem sequer existia naquela época" e se perguntou o motivo de Sarsour " tentar rever a história" destinando-se assim a alcançar "seus objetivos politizados".

Além disso, uma mulher descrita como judaica Ashkenazi reconheceu que Jesus "poderia ser originário de uma terra da Palestina", mas "não era palestino", porque "o território não foi chamado assim naquele momento".

"Por que você é tão estúpido?" Começou seu tweet Yair Netanyahu. "Na cruz, acima da cabeça de Jesus, era o cartaz 'INRI' 'Iesvs Nazarenvs Rex Ivdaeorvm', que em latim significa Jesus de Nazaré, Rei dos Judeus!", Continuou o filho do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, que acompanhou seu texto com uma imagem de Jesus Cristo crucificado.

Mais tarde, Linda Sarsour disse que a Palestina "não é uma religião" e sendo palestino "é uma nacionalidade" ter alguém nascido na Palestina ou de ascendência palestina, assim que "quando alguém diz que Jesus nasceu na Palestina moderna não nega que ele era judeu "

Em outro tweet, essa mulher disse que "a cidade natal de Jesus está sob uma brutal ocupação militar" e, embora reconhecendo que o homem "era um judeu" e "várias verdades podem coexistir", ele ressaltou que "não era branco e loiro como as imagens que vemos hoje ".


Fonte: RT Actualidad
Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2019 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.