Domingo, 21 Abril 2024

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Terrorismo Israelense

Khalil Awawdeh enfrenta a morte iminente nas prisões israelenses

O prisioneiro palestino Khalil Awada, 40 anos, de Hebron, continua sua greve de fome aberta pelo 152º dia consecutivo, em protesto contra a detenção administrativa sem acusação ou julgamento, apesar de suas sérias condições de saúde.

O Tribunal Militar Ofer permitiu ontem que o advogado do prisioneiro Awawdeh, acompanhado por um médico especializado, o visitasse urgentemente para preparar um relatório médico sobre seu estado de saúde, a ser apresentado ao tribunal que deverá ser realizado no próximo domingo.

 

Por sua vez, o Clube dos Prisioneiros Palestinos confirmou, em uma declaração na quinta-feira, que o prisioneiro Al-Awadeh ainda enfrenta condições críticas de saúde que podem levar à morte súbita.

 

O prisioneiro Awawdeh, pai de quatro meninas, foi preso em 27 de dezembro de 2021, e transferido para detenção administrativa sem acusação ou julgamento. Ele entrou em greve de fome por 111 dias antes de suspendê-la após promessas, ainda não implementadas, de libertá-lo. Assim, ele retomou sua greve de fome aberta, exigindo sua liberdade.

 

Relatórios palestinos revelaram que as autoridades israelenses de ocupação emitiram cerca de 1056 ordens de prisão administrativa contra palestinos desde o início de 2022.

 

A ocupação israelense vem executando ilegalmente detenções administrativas contra palestinos ao longo dos anos. Sob detenção administrativa, os prisioneiros palestinos são mantidos sem acusação ou julgamento, e sem permitir que eles ou seu advogado inspecionem os materiais de prova, em flagrante violação das disposições do direito humanitário internacional.

 

Fonte: https://daysofpalestine.ps/khalil-awawdeh-faces-imminent-death-in-israeli-prisons/

 

  • Gravatar - Post by
    postado por: Days of Palestine
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2024 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.