Domingo, 14 Agosto 2022

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Documentos internacionais e decisões legais

Liderança internacional do movimento BDS repudia presença de Biden na Palestina ocupada.

Movimento de Boicote Desinvestimento e Sanções destaca o silêncio dos EUA frente aos crimes de Israel.

O movimento BDS (Boicote, Desinvestimento e Sanções) se posicionou contrário à presença de Biden na Palestina ocupada, denunciando os crimes do Apartheid israelense e o silêncio do governo dos EUA a respeito.

Confira abaixo a íntegra da nota do movimento, traduzido pelo Ibraspal.

 

[PT-BR]

O Comitê Nacional Palestino BDS, (BNC), a coalizão mais ampla que lidera o movimento global BDS, condena ferozmente a visita do presidente dos EUA Biden à região e elogia os protestos populares contra ela. O apoio imperialista dos EUA ao apartheid israelense e às ditaduras regionais deve ser desafiado pelos progressistas em todos os lugares. Ao fornecer a Israel US$ 3,8 bilhões anualmente em financiamento militar e protegê-lo da responsabilidade perante a lei internacional, os EUA têm sido parceiros de Israel no crime, permitindo seu regime de ocupação militar, colonização e apartheid. O governo Biden até mesmo falhou em responsabilizar Israel por seu assassinato irrefutável, supostamente com uma bala fabricada nos EUA, da jornalista palestino-americana Shireen Abu Akleh. Além disso, rejeita o consenso das organizações de direitos humanos de que Israel está perpetrando o apartheid contra os palestinos indígenas. Continuaremos a construir parcerias interseccionais com movimentos raciais, sociais, econômicos e de justiça climática, pressionando os EUA a encerrar suas guerras sem fim, cortar seu financiamento militar para o apartheid e investir em saúde, empregos, reparações e construção da paz.

BDS

BDSMOVEMENT.NET

 

Confira abaixo a íntegra da nota em inglês:

 

The Palestinian BDS National Committee , ( BNC ) , the broadest coalition leading the global BDS movement , fiercely condemns U.S. President Biden's visit to the region and lauds popular protests against it . U.S. imperialist support for Israeli apartheid and regional dictatorships must be challenged by progressives everywhere . By providing Israel with $ 3.8 billion annually in military funding and shielding it from accountability to international law , the U.S. has been Israel's partner in crime , enabling its regime of military occupation , settler - colonialism and apartheid . The Biden administration has even failed to hold Israel to account for its irrefutable murder , reportedly with a U.S. made bullet , of Palestinian - Americian journalist , Shireen Abu Akleh . It also dismisses the human rights organisations ' consensus that Israel is perpetrating apartheid against Indigenous Palestinians . We shall continue to build intersectional partnerships with racial , social , economic and climate justice movements pressuring the U.S. to end its endless wars , cut its military funding for apartheid , and invest instead in health , jobs , reparations and peace building .

BDS

BDSMOVEMENT.NET

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2022 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.