Segunda Feira, 19 Abril 2021

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Política Agressiva

Mais de 140 colonos judeus profanam a Mesquita de Aqsa em passeios de luto

Dezenas de colonos judeus na manhã de segunda-feira profanaram a mesquita de Aqsa sob forte guarda policial.

De acordo com fontes locais, mais de 140 colonos entraram na mesquita pelo Portão de al-Maghariba e visitaram seu pátio.

 

As fontes disseram que alguns colonos tentaram trazer um candelabro judaico (menorá) para o local sagrado islâmico a fim de marcar uma ocasião religiosa, e outros se comportaram de forma provocante realizando orações talmúdicas em voz alta entre as árvores que estão localizadas entre o Portão Rei Faisal e o Portão de Bani Ghanim.

 

A Mesquita de Aqsa está exposta à profanação diária por colonos judeus e forças policiais pela manhã e à tarde, exceto às sextas e sábados.

 

A polícia israelense fecha o portão al-Maghariba, que é usado pelos judeus para entrar na mesquita, às 10h30, após os colonos concluírem seus passeios matinais no local sagrado. No final da tarde, o mesmo portão é reaberto para passeios noturnos de colonos.

 

Durante a presença de colonos dentro do complexo da mesquita, restrições de entrada são impostas aos muçulmanos nas entradas que conduzem à mesquita e seus documentos são apreendidos até que saiam do local sagrado.

 

Fonte: The Palestinian Information Center

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2021 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.