Quarta Feira, 27 Outubro 2021

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Terrorismo Israelense

Mártir Nassar: ícone das crianças de Gaza

A criança Hamzah Nassar foi morta enquanto jejuava durante um ataque israelense a Gaza. Sua foto enquanto estava deitado em sua mortalha com um sorriso no rosto e seus traços inocentes impressos nos corações de muitas pessoas ao redor do mundo.

A foto de Nassar se tornou um ícone de uma guerra sangrenta travada pelas forças de ocupação israelenses na Faixa de Gaza. A agressão ainda está em andamento e as vítimas estão aumentando a cada dia, com mais da metade das vítimas sendo mulheres e crianças, enquanto os feridos estão na casa dos milhares.

Nassar, 12, permaneceu um mártir desconhecido por várias horas no Hospital Al-Shifa na Cidade de Gaza antes que seu pai o reconhecesse. Seu pai foi procurá-lo no hospital depois que esperou muito pelo seu retorno para casa, segundo a TV Al-Jazeera.

Ele estava jejuando e saiu de casa no bairro de Shejaiya, a leste da Cidade de Gaza, três horas antes de quebrar o jejum. Na véspera do último Ramadã, Hamza foi comprar alguns vegetais para sua família no mercado do bairro, que fica a cerca de um quilômetro de casa. Um avião de guerra israelense lançou uma operação perto do cemitério de Abu Al-Kass e lançou pesadas bombas que mataram Hamzah no local.

 

Final bonito

Abu Yasser Nassar, o tio do pai do mártir, disse à Al-Jazeera Net: “Nassar viveu uma vida miserável, mas Alá destinou a ele este belo final para morrer enquanto jejuava e sorria. Sua imagem se tornou um símbolo das crianças palestinas que carecem de segurança e estão expostas à morte a cada momento ”.

Ele é o quinto de seus irmãos. Sua mãe é cega e a notícia do martírio de seu filho foi devastadora, acrescenta Abu Yasser.

Ele falou sobre as boas maneiras do mártir e disse: “Ele se distinguiu entre seus quatro irmãos e três meio-irmãos. Ele era amado por todos, era inteligente ao lidar com as pessoas e se destacava nos estudos ”.

 

A criança crescida

Nassar era um homem na idade de uma criança e devido às circunstâncias de sua família e à difícil situação econômica de seu pai, ele costumava depender de si mesmo em muitas coisas e até mesmo sua família dependia dele para realizar as tarefas diárias, embora ele não fosse o mais velho entre os homens.

Ele era filho de uma família famosa em Gaza que muitos de seus membros martirizaram, incluindo seu tio Muhammad Nassar, que foi martirizado em um ataque aéreo lançado por aviões de guerra israelenses em sua casa em 2001. Este ataque aéreo tinha como alvo seu tio Yassin Nassar, que é um membro da resistência palestina e ele sobreviveu, mas foi morto meses depois desse ataque durante sua resposta à invasão israelense do bairro de Zeitoun no leste da Cidade de Gaza em 2002.

Durante a agressão israelense de 2014, seu tio, Muhammad Al-Khouli, foi morto em um ataque aéreo.

As pessoas nas redes sociais interagiram com a imagem de Hamza, expressando sua condenação ao crime de ter como alvo ele e seus pares.

A imagem de Nassar será lembrada por todos que a viram. Ele deixou este mundo sorrindo como se estivesse vendo o que não vemos e encontrou algo que o encanta na vida do além. Seu tio diz: “Ele não viveu muito, mas permanecerá vivo em nossas almas”.

 

Fonte: The Palestinian Information Center

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2021 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.