Quarta Feira, 17 Julho 2019

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Terrorismo Israelense

O deputado israelense assegura que poucos palestinos morreram, e que deveriam ter sido 700

Com os ataques de foguetes lançados de Gaza, Israel martirizou em seus ataques no sábado e no domingo 25 palestinos incluindo; 3 mulheres, duas delas grávidas, dois bebês e 150 feridos

O congressista de direita israelense Bezalel Smotrich disse que ele acredita que o número de mártires palestinos nos ataques contra a Faixa de Gaza é baixo.

 

Smotrich, que se destaca por suas acusações de ódio contra os palestinos, expressou palavras escandalosas no Twitter, quando escreveu que nos ataques organizados pelo exército israelense no sábado e no domingo "700 palestinos deveriam morrer".

 

"O confronto em Gaza deveria ter terminado com 700 terroristas mortos (um palestino morto por cada foguete lançado contra Israel) e com sérios danos causados ao Hamas. Então, levaria anos para o Hamas se recuperar e eu pensaria muito antes de atacar Israel novamente. "

 

O exército israelense anunciou que nos últimos ataques a Gaza, 350 alvos da ala militar do Hamas, e as Brigadas de Izeddin Al-Qassam e a Jihad Islâmica foram abatidas.

 

Também foi afirmado que, 690 foguetes foram disparados por grupos palestinos de Gaza a Israel.

 

Justificando-o com os ataques de foguetes lançados de Gaza:

 

Israel martirizou em seus ataques no sábado e domingo 25 palestinos, incluindo 3 mulheres, duas delas grávidas, dois bebês e 150 palestinos ficaram feridos.



Fonte: Kaos en la Red

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2019 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.