Sábado, 08 Agosto 2020

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Documentos internacionais e decisões legais

O primeiro-ministro Netanyahu aplaude a decisão dos EUA, que não considera os acordos da Cisjordânia, contrários ao direito internacional.

Ministro das Relações Exteriores da Jordânia assegura que os assentamentos israelenses na Palestina ocupada violam o direito internacional e trata-se de um procedimento que acaba com a solução de dois estados.

A presidência palestina diz que a decisão de Washington sobre assentamentos é completamente contrária ao direito internacional.

A Embaixada dos EUA em Jerusalém emite um aviso de viagem para Jerusalém, Cisjordânia e Gaza.

O Secretário de Estado dos EUA, Pompeo de que os Estados Unidos não considerarão mais os assentamentos na Cisjordânia como contrários ao direito internacional.

Saeb Erekat, Comitê Executivo Secretário-Geral da OLP: todos os instrumentos de direito internacional condenam a solução, a partir do artigo 49 da Quarta Convenção de Genebra, que proíbe a transferência de população civil para os territórios ocupados.


Fonte: Reuters, MSDR News Network

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2020 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.