Segunda Feira, 03 Agosto 2020

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Política Agressiva

Ocupação: Israel não dará permissão aos cristãos de Gaza para visitar Jerusalém e Belém durante o Natal

As autoridades israelenses anunciaram última quinta-feira que os cristãos os quais residem na Faixa de Gaza não terão permissão para visitar as cidades de Belém e Jerusalém nas festividades de Natal deste ano.

Os cristãos no enclave palestino receberão permissão para viajar para o exterior, mas não poderão se mudar para Israel ou a Cisjordânia, onde existem numerosos lugares sagrados para os cristãos.

Israel aplica severas restrições aos movimentos da Faixa de Gaza, controlada pelo Movimento de Resistência Islâmico (Hamas), considerado por eles sendo um grupo terrorista.

Uma porta-voz da ligação militar israelense com os palestinos detalhou que a medida foi adotada após "ordens de segurança" e que os cidadãos de Gaza poderão viajar para o exterior através do cruzamento da ponte Allenby, na fronteira com a Jordânia.

Em resposta, os líderes cristãos em Jerusalém condenaram a decisão e acrescentaram que já pediram às autoridades que desistam dessa ideia absurda.

"Outras pessoas em todo o mundo recebem permissão para viajar para Belém. Acreditamos que os cristãos de Gaza também deveriam ter esse direito", disse Uadie Abú Nasar, assessora dos líderes da Igreja local.

Gisha, um grupo israelense de Direitos Humanos, disse que a medida aponta para "uma intensificação das restrições de acesso entre as duas partes do território palestino", pela qual ele denunciou "um aprofundamento da política de separação de Israel".

Por sua parte, Randa el Amash, um cristão de Gaza, enfatizou que "todos os anos reza para receber permissão para celebrar o Natal e ver sua família". "Seria mais feliz comemorar em Belém e Jerusalém", acrescentou.

Cerca de mil cristãos, a maioria deles da Igreja Ortodoxa, residem na Faixa com uma população total de cerca de 2,2 milhões de pessoas.

As autoridades israelenses no ano passado deram permissão a cerca de 700 cristãos de Gaza para viajar para Jerusalém, Belém, Nazaré e outras cidades sagradas que recebem milhares de peregrinos a cada feriado.

Foto: A Basílica da Natividade, na cidade de Belém, na Cisjordânia - REUTERS / MUSSA QAWASMA - Arquivo

 

Fonte: Agência de Imprensa Europa

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2020 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.