Sexta Feira, 21 Junho 2024

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Terrorismo Israelense

Ocupação israelense aprova 1.250 casas de colonos em assentamento ilegal "Gilo", Jerusalém

As autoridades de ocupação israelenses aprovaram a expansão do assentamento ilegal de Gilo na periferia de Jerusalém, com 1250 novas unidades de assentamento.

O Ministério de Construção e Habitação de Israel, a chamada Land Authority e empresas imobiliárias israelenses chegaram a um acordo conjunto para construir 1.250 novas casas de colonos nas encostas sul do assentamento de Gilo.

 

O plano na primeira fase inclui a construção de 27 edifícios que variam de 9 a 13 andares, enquanto a segunda fase do plano inclui 4 torres residenciais, cada uma com 20 a 24 andares, para ignorar as montanhas do sul da Cisjordânia.

 

A área do assentamento será chamada de "Penhascos de Gila", pois o plano se insere em um grande projeto que inclui o desenvolvimento de estradas, infra-estrutura, áreas públicas, parques, áreas comerciais e de emprego a sudoeste dos túneis que ligam Jerusalém ao assentamento Gush Etzion.

 

Fonte: https://daysofpalestine.ps/israeli-occupation-approves-1250-settler-homes-in-illegal-gilo-settlement-jerusalem/




  • Gravatar - Post by
    postado por: Days of Palestine
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2024 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.