Sábado, 06 Junho 2020

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Terrorismo Israelense

Palestinos sofrem violência continuada de Israel

A maioria dessas prisões é administrativa, uma vez que são realizadas sem acusações ou julgamentos, alegadamente por “razões de segurança”.

O governo de Israel continua a implementar medidas contra os palestinos presentes nos territórios ocupados da Cisjordânia, especialmente com detenções e despejos impróprios sob o pretexto de serem construções ilegais.

De acordo com dados oferecidos pelo Comitê Nacional e Popular no sul de Hebron, em 2019, Israel demoliu cerca de 686 estruturas localizadas na chamada área C, bem como em outras áreas ocupadas na Cisjordânia e Jerusalém.

Os despejos são geralmente acompanhados pelo uso indiscriminado de violência, com detenções físicas e tortura. Entre as medidas aplicadas pelos israelenses estão as incursões noturnas nos lares palestinos.

De acordo com a Sociedade de Prisioneiros Palestinos, entre a noite de domingo e a manhã de segunda-feira, 17 palestinos foram presos em diferentes distritos da Cisjordânia, incluindo dois menores. Também se sabia que um dos prisioneiros alegou ter sofrido abuso físico durante um interrogatório em um centro de detenção, práticas que, de acordo com relatórios anteriores divulgados pela mídia, são comuns e também se aplicam a crianças e mulheres.

A sociedade prisional palestina denunciou recentemente que atualmente existem quatro mulheres presas nessas condições irregulares e um total de 20 mulheres mantidas em centros israelenses por enfrentar ou resistir à ocupação israelense nesses territórios.

 

Fonte: TeleSur

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2020 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.