Quarta Feira, 05 Agosto 2020

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Política Agressiva

Prisioneiros palestinos começam a devolver refeições

O Gabinete de Informação dos Prisioneiros informou que os prisioneiros começaram a devolver as refeições na manhã de hoje, terça-feira, para protestar contra o fracasso da administração da prisão em tomar medidas preventivas contra a epidemia de Corona em seus departamentos.

Representantes dos prisioneiros informaram que uma das razões foi a administração continuada das prisões, que não permitiu que nenhuma das partes visse as condições dos prisioneiros que estavam em quarentena na prisão de Megido, além de sua decisão de impedir que itens básicos entrem em duas alas.

No mesmo contexto, o chefe da Autoridade para Assuntos de Prisioneiros e Editores, Qadri Abu Bakr, afirmou que entre as novas demandas dos presos está a esterilização de seções e praças para impedir o vírus.

Abu Bakr afirmou que a greve dos prisioneiros continua e está ligada à medida em que a administração penitenciária responda às suas demandas.

O Presidente da Autoridade para Assuntos de Prisioneiros e Editores declarou que uma das etapas de protesto era não sair para o (Furah).

O movimento cativo ameaçou, em uma declaração anterior, que estava trabalhando na implementação de várias medidas de protesto, a fim de negligenciar os procedimentos da administração penitenciária para protegê-los do vírus e reduzir dezenas de itens da cantina e outras razões.

Vale ressaltar que o movimento de prisioneiros anunciou que quatro prisioneiros foram infectados com o vírus e transferidos a esse presídio por um investigador israelense, enquanto a Administração de Prisões de Ocupação ainda mantém segredo sobre o destino certo.

 

Fonte: The Palestinian Information Center

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2020 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.