Domingo, 27 Setembro 2020

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Terrorismo Israelense

Um colono atropela uma criança palestina em Hebron

Hoje quinta-feira,10/09/2020, um colono israelense atropelou uma criança palestina na área de "Tarama" perto da cidade de Dura, a sudoeste da governadoria de Hebron.

Fontes palestinas relataram que um colono atropelou a criança Qais Tayseer Awlad Muhammad (7 anos), da vila de Tarama, ao sul de Dura.

As fontes apontaram que a criança foi transferida para tratamento dentro do território palestino ocupado, e descreveram uma cirurgia moderada.

Os ataques de colonos na Cisjordânia ocupada aumentaram constantemente nos últimos anos. Em termos da quantidade e do tamanho do dano infligido aos cidadãos palestinos.

Os ataques dos colonos se concentraram nas províncias mais sem atrito entre os assentamentos e comunidades palestinas, especificamente em Hebron, Nablus, Belém, Jerusalém, Ramallah e Al-Bireh.

Esses ataques tornaram-se mais sangrentos em seus métodos, por meio da implementação de operações de atropelamento, atirando pedras nos carros dos cidadãos palestinos e atirando diretamente neles, e isso se refletiu nos resultados desses ataques aos cidadãos e suas propriedades, que constituem crimes de guerra, no contexto da ausência de responsabilidade legal e internacional por esses crimes.

Por sua vez, o relatório periódico emitido pela assessoria de imprensa do Hamas na Cisjordânia monitorou a escalada das violações de ocupação na Cisjordânia e em Jerusalém durante o mês de agosto passado, além de duplicar as violações do direito à santidade e o ataque de colonos à abençoada Mesquita de Al-Aqsa.

O relatório também observou que os colonos cometeram, 47 ataques, e o número de atividades de assentamento atingiu, 13 atividades, que variaram desde confisco e nivelamento de terras, a construção de estradas e aprovação da construção de unidades de assentamento.

 

Fonte:  The Palestinian Information Center

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2020 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.