Sábado, 16 Outubro 2021

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Documentos internacionais e decisões legais

Um comitê palestino pede a libertação de 25 jornalistas das prisões israelenses

O comitê palestino de “Apoio ao Jornalista” pediu a libertação de 25 jornalistas palestinos que ainda estão nas prisões israelenses.

O comunicado foi emitido pelo Comitê, uma organização não governamental que inclui jornalistas e escritores palestinos e árabes, e que monitora violações na terra palestina contra seus colegas.

O comitê comunicou que: "Estamos de olho seriamente para as tentativas de restringir a liberdade de trabalho da mídia por meio de repetidas campanhas de prisões por parte da ocupação israelense contra jornalistas e seu processo e violação da liberdade de seu trabalho profissional."

Acrescentam que, apesar da libertação do jornalista Mujahid al-Saadi, na quinta-feira, “Israel ainda deve responder por aqueles que estão atrás das grades das prisões da ocupação, 25 jornalistas e trabalhadores da mídia cujos direitos humanos e jornalísticos são violados, e eles estão sujeitos a duras investigações e tortura.

O comitê pediu que "instituições humanitárias e de direitos humanos intervenham para impedir a política de detenção, renovar a detenção administrativa de jornalistas nas prisões de ocupação e libertar todos os jornalistas e ativistas que são presos politicamente pela ocupação sem justificativa legal".

Israel mantém cerca de 4.400 prisioneiros palestinos, incluindo 40 mulheres e 170 crianças, em suas prisões, e cerca de 380 prisioneiros administrativos (sem acusação), segundo declarações oficiais palestinas.

 

Fonte: Anadolu

Tradução: IBRASPAL

  • Gravatar - Post by
    postado por: IBRASPAL
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2021 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.