Segunda Feira, 22 Outubro 2018

Linguagem Selecionada: PORTUGUÊS BR

Inicio > Posts > Política Agressiva

UNRWA afirma que só tem recursos para Gaza até meados de outubro

Agência da ONU atende refugiados palestinos há 70 anos

 

Por Lúcia Rodrigues
Ibraspal



A UNRWA, a Agência das Nações Unidas para Refugiados da Palestina no Oriente Médio, advertiu que só possui recursos para prosseguir o atendimento humanitário prestado aos palestinos que vivem em Gaza, até meados de outubro.



A advertência foi feita pelo comissário-geral da Agência, o suiço Pierre Krähenbühl, nesta segunda-feira, 24,  em Nova York, onde líderes mundiais estão reunidos na Assembleia geral da ONU. “Temos dinheiro que estimo durar até meados de outubro”, frisou.



Para manter o atendimento aos palestinos em Gaza e na Síria até o final do ano, o dirigente calcula que a UNRWA necessite de 185 milhões de dólares.



A Agência é responsável por manter em funcionamento escolas e hospitais, entre outras atividades que realiza. Mas os Estados Unidos já anunciaram a suspensão da ajuda à organização humanitária.



A UNRWA presta assistência a cinco milhões de refugiados palestinos e seus descendentes que vivem na Jordânia, Líbano, Síria, Cisjordânia e na Faixa de Gaza.



Aproximadamente 700 mil palestinos foram expulsos de suas terras com a criação do Estado de Israel, em 1948. O episódio histórico é conhecido como Nakba ou catástrofe em português.



A embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Nikki Haley, critica o número de palestinos atendidos pela Agência. Esse é um dos argumentos utilizados por Washington para cortar o repasse de recursos.

 

 

Nikki também questiona o direito de retorno dos palestinos aos territórios de onde foram expulsos desde 1948. Assim como critica a reivindicação de que esse seja fator primordial para a assinatura de um acordo de paz.

 

 

Já Krähenbühl sustenta que passados mais de 70 anos, os palestinos e seus descendentes ainda aguardam por uma justa solução para os transtornos que foram causados em suas vidas com a Nakba.



Com informações de Palestina Libre via Agência Europa Press

  • Gravatar - Post by
    postado por: Lúcia Rodrigues
  • postado em:
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copyright © 2018 IBRASPAL - Instituto Brasil Palestina. All Rights Reserved.